30 de agosto de 2011

Em Cima Do Muro?

Muitas pessoas pensam que podem ter comunhão com Deus sem precisar renunciar nada. Infelizmente, a maioria dos "cristãos" entregam suas vidas para o Senhor Jesus e logo depois as pegam de volta, para satisfazerem as suas próprias vontades. Elas encaram muitas coisas da mesma forma que o mundo encara, e dizem que são atitudes muito pequenas e naturais que não irão atrapalhar em nada o relacionamento com Deus. O que elas não sabem é que estão enganando a si mesmas. E o que está em jogo é algo muito mais sério do que podem imaginar: a sua própria salvação.

Me recordo de uma "história" muito simples que ouvi uma vez, que nos leva à refletir sobre nossa real situação espiritual. Nessa "história", relata-se o seguinte:
Havia certo homem que estava em cima do muro. Ele ainda não havia escolhido qual caminho seguir. De um lado, Deus e os anjos o chamavam para que ele escolhesse o Reino dos Céus, enquanto, do lado oposto, o diabo e seus demônios estavam calados, despreocupados, sem fazerem sequer o menor esforço para convencer o rapaz de ir para o reino deles. O homem, notando isso, intrigou-se e perguntou ao diabo: "Por que você não está pedindo para que eu escolha o seu lado, enquanto Deus me chama insistentemente para o lado Dele?". O diabo, então, respondeu: "Porque o muro também é meu. Você já está do meu lado".

Logo, amigo(a), essa pequena história quer nos passar a seguinte mensagem: Não existe um "em cima do muro". Não há nenhum lugar onde você possa estar sem Deus e sem diabo ao mesmo tempo, muito menos um caminho onde você possa estar andando com os dois simultaneamente. Ou você é de Deus, ou você não é. E se você não é de Deus, consequentemente, você pertence ao diabo. "Ninguém pode servir a dois senhores" (Mateus 6:24).

Então caro(a) leitor(a), não há a mínima possibilidade de você ter uma verdadeira comunhão com Deus se você não estiver disposto a renunciar seus desejos mundanos. Uma vida com Deus é uma vida de sacrifícios. Deus não dividirá sua vida e nem o seu corpo com o diabo ou com suas vontades carnais. Por mais poderoso que Ele seja, Ele só poderá tomar conta do seu ser quando você se entregar 100% para o Senhor Jesus, ou seja, quando você se submeter à Palavra Dele por completo. E não adianta você dizer que será salvo por cumprir apenas a maioria dos mandamentos de Deus (como não matar, não roubar, não mentir, não desejar o mal para o seu próximo, etc), porque, como diz a Sagrada Escritura: "qualquer que guardar toda a Lei, e tropeçar em um ponto, faz-se culpado de todos." (Tiago 2:10) Concluindo: para Deus não existe pecado, pecadinho e pecadão. Apenas pecado. E aquele que vive em pecado, jamais poderá entrar no Reino de Deus. "Portanto, os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus." (Romanos 8:8)

E você? Ainda está indeciso(a)? Não sabe se vale a pena pagar o preço que a salvação exige? Pensa que é cedo para escolher um dos caminhos? Saiba que o estar em cima do muro já é uma decisão, e, portanto, um caminho.

"Entrai pela porta estreita; porque é larga a porta, e espaçoso o caminho que leva para a perdição, e são muitos os que entram por ela; porque é estreita a porta, e apertado o caminho que leva para a vida, e são poucos os que a encontram." (Mateus 7:13-14)

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.