4 de novembro de 2011

Resolvendo Problemas

Caro amigo(a), convido você a refletir sobre a passagem de 2 Reis 2:19-22. Se refletirmos com atenção e persistência sobre ela, certamente acharemos o que devemos fazer diante dos problemas que nos cercam.

O profeta Eliseu estava em Jericó. "E os homens da cidade disseram a Eliseu: Eis que o lugar onde esta cidade está colocada é bom, como meu senhor vê; mas as águas são más, e a terra é estéril. Então, ele disse: Trazei-me uma vasilha nova, e ponde nela sal. E a trouxeram. Saindo ele aos mananciais das águas, lançou nelas o sal e disse: Assim diz o SENHOR: Eu saro estas águas e não haverá mais morte nem esterilidade. E foram curadas as águas até hoje; conforme a palavra que Eliseu falou."

Vamos dividir a passagem em partes estratégicas, para tudo ir se desenvolvendo com clareza. Simultaneamente, passaremos a história para os dias atuais.

Primeiramente, os homens da cidade disseram: "Eis que o lugar onde esta cidade está colocada é bom, como meu senhor vê". Da mesma forma, existem pessoas que estão em um lugar bom. Logo, elas estão no lugar certo (na empresa certa, no negócio certo, na família certa, no bairro certo, na cidade certa, na igreja certa, no relacionamento certo, etc), ou seja, elas estão justamente onde deveriam estar, onde certamente prosperariam e seriam felizes. Mas por que isso não acontece na vida delas? Por que não há a prosperidade e felicidade esperadas?

Adiante, podemos ver o motivo: "mas as águas são más, e a terra é estéril". Em outras palavras, o espírito é mal, por isso, nada do que elas fazem é bem sucedido. Relacionei águas com espírito porque a água é a fonte de sobrevivência de qualquer cidade. Se ela for má (imprópria para consumo), aquela cidade também será má (pobre/estéril). Assim acontece com o espírito: se ele é mau, tudo o que provém dele também será. Logo, se a pessoa tem um espírito mau, tudo o que ela fizer será mau (não me refiro a espíritos imundos, mas sim ao espírito de cada pessoa em particular. Existem pessoas que possuem um espírito ruim, ou seja, que são negativas, invejosas, desanimadas, frustradas, tristes, depressivas, etc). E, uma vez tendo esse espírito, nada do que elas fazem dá certo (e nem poderá dar).

As águas eram o problema daquela cidade. O espírito mau é o problema de muita gente.

Vamos ver o que Eliseu fez a respeito disso: "ele disse: Trazei-me uma vasilha nova, e ponde nela sal". Eliseu representa Deus. Preste atenção na ordem que ele deu, pois é a mesma ordem que Deus dá a todos nós. Eliseu ordenou que se trouxesse uma vasilha nova. Ora, uma vasilha nova é vazia, limpa e útil. E é exatamente assim que devemos nos apresentar a Deus. Vazios de nós mesmos, limpos do pecado (através do arrependimento) e úteis (disponíveis, prontos para fazer o que Deus mandar). Se a pessoa não estiver disposta a obedecer como o povo daquela cidade ("e a trouxeram"), Deus não pode fazer nada por ela. Mas se nos apresentamos a Deus dessa maneira, ele põe dentro de nós o sal, assim como o povo fez a mando de Eliseu.

O sal representa o Espírito Santo. A vasilha somos nós. A  água é o mau espírito.

Então, Elias saiu aos mananciais das águas (que era fonte do problema) "lançou nelas o sal e disse: Assim diz o SENHOR: Eu saro estas águas e não haverá mais morte nem esterilidade. E foram curadas as águas até hoje". Transferindo para os dias de hoje: Então, Deus vai até os espíritos ruins (que estão no interior das pessoas), lança sobre eles o Espírito Santo, e, logo, eles se transformam em espíritos bons. Dessa forma, não haverá mais inveja, desânimo, frustração, tristeza, depressão, miséria, brigas ou qualquer sorte de males. Tudo isso porque o interior foi mudado. Foi exatamente o que aconteceu comigo.

Da mesma forma que a vasilha com o sal foi o ponto de contato para resolver o problema da cidade, nós, juntamente com Deus, resolveremos todo e qualquer problema.

Imagine quanta alegria e prosperidade houve na cidade de Jericó depois que as águas foram curadas! Assim também acontecerá na vida daqueles que tiverem os espíritos mudados. Se o interior muda, o exterior muda. Se nós resolvemos o problema interior, os exteriores também serão resolvidos.

E para você que já foi mudado por Deus, aí vai um conselho: torne-se novo todos os dias e deixe o Espírito Santo te usar. Você pode ser a solução de muita gente.

Quais problemas exteriores você ainda não solucionou? Quais são as raízes interiores que você precisa cortar para solucioná-los? Como você tem se apresentado diante de Deus?

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Um comentário:

  1. Arrebentou! O post está excelente, bem escrito e esclarecedor. Temos que continuamente pedia a Deus que reabilite nossas forças e nos mostre sempre como ser também o sal nesta terra. O nosso espírito tem que ser como era o de Calebe, que agradou a Deus e portanto entrou na terra prometida.

    www.gabymenddes.blogspot.com

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.