15 de dezembro de 2011

13 passos para atrasar a bênção - Introdução

Como a maioria de nós já sabe, a Bíblia relata a história e trajetória do povo de Israel desde o livro de Êxodo (quando saíram do Egito) até Josué (quando tomaram posse da terra prometida).

Para quem não conhece a fundo, o povo de Israel era a descendência de Jacó (servo de Deus). Após algum tempo depois da morte de seu filho José (que era governador do Egito), foi nomeado um outro faraó que se voltou contra os israelitas, fazendo-os escravos na terra do Egito. Vendo a aflição e sofrimento de Seu povo, Deus enviou a Moisés para libertá-lo e guiá-lo a uma terra próspera. Ali eles finalmente viveriam seguros. Porém, durante todo o trajeto até a terra prometida, os israelitas duvidaram, se acomodaram, murmuraram, desobedeceram, enfim, se voltavam contra Deus constantemente (que, aliás, nunca os desamparou).

Meditando sobre essa história, pude perceber 13 passos dados pelo povo de Israel que fizeram com que sua bênção fosse adiada, e até mesmo, atrasada. Por causa de suas más ações, eles demoraram 40 anos (sim, 40 anos!) para tomar posse da promessa feita por Deus.

E eu te pergunto: todo esse tempo foi perdido por culpa de Deus? É claro que não! Os filhos de Israel atrasaram sua bênção por não ouvirem a voz Dele.

E é isso que vem acontecendo com muitas pessoas nos dias de hoje. Elas têm atrasado a sua própria bênção e nem estão cientes disso. Se os israelitas tivessem dado ouvidos a Deus, certamente não demorariam tanto tempo para alcançarem a promessa. Da mesma forma, se muitas pessoas hoje agissem como Deus determina, chegariam onde desejam muito mais rápido.

Em cada postagem desta coletânea, mencionarei um passo que pode fazê-lo atrasar sua bênção, usando como exemplo o que os israelitas fizeram no passado. Tomando como base versículos bíblicos, mostrarei como as pessoas insistem no mesmo erro até hoje. Com a coletânea, espero sinceramente ajudar a muitos, inclusive a mim mesma.

Que Deus possa abrir os nossos olhos espirituais e nos abençoe abundantemente.

E quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Um comentário:

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.