27 de julho de 2012

13 passos para atrasar a bênção - 12º passo

O 12º passo para atrasar sua bênção é: ser "cabeça dura".

"[...] Tenho observado este povo, e eis que é povo de dura cerviz." (Deuteronômio 9:13)

Antes de mais nada, façamos a tradução da expressão "dura cerviz" para melhor compreensão e correspondência com os nossos dias atuais.

Dura cerviz = cabeça dura (não existe outro sinônimo mais claro e compreensível do que este).

Deus nos observa a todo tempo. Ele sabe quem nós somos e o que fazemos. Ele não leva em conta apenas as atitudes em si, mas principalmente as intenções que estão por detrás delas. Deus sabe exatamente se erramos por ignorância espiritual (em outras palavras, sem ver que estamos errando, sem perceber) ou por causa de uma desobediência consciente.

Vejamos as principais características de um "cabeça dura":

• é desobediente e rebelde
• não sabe esperar
• acha que está sempre certo
• não gosta de ser corrigido
• não aprende
• é difícil de lidar
• é teimoso
• não abre mão dos próprios conceitos
• faz tudo errado
• é orgulhoso
• não tem temor
• tem o coração duro
• é néscio, não tem sabedoria
não quer mudar.


Dentre todas essas características que descrevem um típico "cabeça dura", a principal delas é justamente a última - que, inclusive, está em destaque -, justamente porque ela é o resultado da soma de todas as outras características.


Quem é "cabeça dura" não quer mudar. Não porque se considera sem forças para isso, mas sim porque pensa que já é bom o suficiente e não está disposto a abrir mão de si mesmo e sair da zona de conforto.

Existem bênçãos - diga-se de passagem, as maiores - que são conquistadas exclusivamente através da mudança ou depois dela. O encontro com Deus e a realização na vida sentimental são algumas delas.

O problema é que a maioria das pessoas corre atrás das bênçãos sem antes fazer uma auto avaliação se tem ou não condições de recebê-las. E acabam se sentindo frustradas por nunca verem seus desejos se realizarem com o passar do tempo, tendo grandes chances até de um dia acabar desistindo de seus sonhos e culpar a Deus por isso.

É claro que ninguém nunca será perfeito - não posso me cansar de mencionar isso. E também é claro que o que recebemos de Deus recebemos pela fé, e não por méritos. Mas algo deve estar bem claro dentro da nossa mente: Deus não nos concede bênçãos que Ele sabe que perderemos mais tarde. É isso mesmo: existem bênçãos que muitos de nós ainda não estão prontos para receber. E, sabendo disso, Deus não pode concedê-las, já que Ele não quer que essas bênçãos se tornem maldições lá na frente.


Atenção para o que foi dito anteriormente: bênçãos antecipadas tornam-se maldições.


Deus nunca falha, nunca erra. O tempo d'Ele é diferente do nosso. Temos que aprender a confiar em Deus, e nos esforçar para mudar no que for preciso.

A mudança que nós precisamos alcançar para atrair mais bênçãos de Deus são mudanças que nascem em nosso interior, e que, depois de algum tempo, acabam se exteriorizando naturalmente. Quando uma pessoa muda o seu modo de pensar, ela muda de vida. A mudança de pensamentos a levará à uma mudança de atitudes, e graças a lei imutável da vida, ela acabará colhendo os frutos da nova semente que começou a plantar.

O problema não é mudar, mas sim estar disposto a mudar. Poucas são as pessoas dispostas a isso.

E quando devemos parar de mudar? Só com a chegada da morte. Até mesmo os nascidos de Deus precisam estar em constante mudança - para melhor, é claro. Nós sabemos muito bem em quê devemos melhorar e o que devemos fazer para alcançar essa mudança. O que nos resta, agora, é começar a agir em relação a tais conhecimentos.

Deus tirou o povo de Israel do Egito para uma vida nova, para ser um povo santo, separado, diferente. Mas eles queriam continuar com os velhos hábitos, imitar os costumes das outras nações e permanecer fazendo o que julgavam ser melhor aos seus próprios olhos. Resultado: padeceram no deserto - sua bênção foi deixada àqueles que estavam dispostos a pagar o preço.

Não quer sacrificar uma mania sua? Não está disposto a agir de uma forma da qual não está acostumado(a) a agir? Pensa que você é o que é, e que todos a sua volta devem aceitá-lo(a) e aturá-lo(a) assim para sempre? Acha que Deus mudará algo em sua vida sem que você precise mudar dentro de si primeiro? Então, esqueça. A bênção que você quer não é pra você.

Deus te escolheu para ser diferente de tudo e de todos desse mundo. Por que então continuar agindo como eles? O sacrifício da mudança não é maior do que a bênção que te aguarda, amigo(a).

Ser "cabeça dura" pode te fazer esperar 40 anos.

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.