23 de fevereiro de 2013

Acredite em si mesmo

Provavelmente, quando você leu o título dessa postagem, logo se lembrou daquelas dicas e livros de auto-ajuda, daquelas velhas histórias que falam que você tem potencial, que você é capaz, e blá blá blá... Essas coisas que você já está cansado de ouvir, mas que, na verdade, nunca conseguiu perceber de fato, ou colocar tudo isso em prática.

Mas não estou aqui para indicar leituras de auto-ajuda, ou para falar o que todo mundo fala, muito menos para te encher de mais informações. Estou aqui, única e exclusivamente, para falar da Palavra de Deus, sobre como podemos fazer dela parte de nossas vidas e mostrar a todos os benefícios de meditar, compreender e executar aquilo que Deus fala através da Bíblia.

Fico triste ao ver que muitos cristãos tem muita fé em Deus, mas não tem fé em si mesmos. Está aí a razão de tantos fracassos em suas vidas, tanta mesmice e os velhos problemas se repetindo. E, se por um lado temos cristãos derrotados por não acreditarem em si mesmos, por outro, temos pessoas que não tem nada a ver com Deus que conquistam tudo o que querem porque acreditam em si mesmas, apesar de não acreditarem em Deus ou não fazer caso de Sua palavra.

É uma realidade muito forte, gente!

É aí que muitos diriam: Mas isso é uma tremenda injustiça! Como pode um cristão colecionar tantas derrotas enquanto um incrédulo coleciona vitórias?!

Não é questão de injustiça, amigo(a). Mas cada um colhe o que planta. 
Por exemplo: um incrédulo tem uma ótima ideia de um negócio. E, por acreditar naquela ideia e que ele será capaz de executá-la com sucesso, ele corre atrás, se esforça, dá seu sangue e o seu suor, porque sabe do que é capaz, sabe que seu esforço não será em vão. E, em um outro oposto, um crente também tem uma ótima ideia de um negócio. Mas não acredita ser capaz de materializar aquela ideia, fica crendo apenas em Deus e fica esperando a bênção cair do céu - e vai ficar esperando até o dia de sua morte, ora. Gente, a única coisa que cai do céu é chuva! 

Olhe só o que diz a palavra de Deus.:

"Tens tu fé? Tem-na em ti mesmo diante de Deus.[...]"
Romanos 14:22

Não adianta ter fé só em Deus, muito menos ter fé só em si mesmo (porque existem pessoas que conquistam muito sem Deus, mas lá na frente perdem, porque não tem a proteção divina, ou então são atingidos em outras áreas de suas vidas, como sentimental, saúde, familiar, espiritual, etc). Temos que ter fé em Deus e em nós mesmos. Fé naquilo que Deus é e prometeu, ter fé naquilo que somos diante de Deus (filhos e herdeiros d'Ele).

Se até Deus acredita em nós, é burrice não acreditarmos. No início de tudo, na criação, Deus criou os anjos e o homem com livre arbítrio, mesmo sabendo que ambos poderiam dar problema (Lúcifer era anjo de Deus, mas escolheu se rebelar contra ele; Adão e Eva desobedeceram a Deus e deram origem ao pecado). Mas por que Ele os criou mesmo assim? Porque Deus creu em sua criação, creu no potencial de suas criaturas e que elas desejariam servi-lo por questão de escolha, e não por obrigação. E mesmo sendo decepcionado e sofrendo indignação todos os dias (Salmos 7:11), Deus continua crendo nos anjos e nos homens. Ele crê em nós e diz para crermos também.

Independentemente do grau de escolaridade, das condições econômicas e sociais, da cor ou cultura, todos nós somos capazes de fazer coisas incríveis! Temos dons e talentos, podemos mudar nossas vidas apenas materializando uma ideia! Temos poder para escolher, para transformar o futuro! Mas, é claro, devemos andar em comunhão com Deus, para que não apenas conquistemos, mas, acima de tudo, conservemos as nossas conquistas.

E quem tem ouvidos para ouvir, ouça.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.