13 de maio de 2013

Se Deus é amor, por que existem almas indo para o inferno?

(Veja outras respostas de dúvidas frequentes sobre Deus e fé aqui.)

Em primeiro lugar, gostaria de confirmar que verdadeiramente Deus é amor.

"Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor."
1 João 4:8

Deus é amor. Amor. Amor... Mas o que é amor?
Amor não é o que o mundo diz ser - o mundo acha que amor é paixão. 
Amor não é um sentimento. Amor é uma entrega.
Vou repetir.
Amor NÃO é um sentimento. Amor é uma entrega.
Sabe porque o amor NÃO é um sentimento? Porque sentimentos são temporários, mas o amor jamais acaba. Ele é constante e infinito.
O amor de Deus e o amor que Deus é está em seu contexto e significado original de entrega. 

"Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu (entregou) o seu Filho unigênito[...]"
João 3:16

Então, vamos raciocinar, amigo(a). O amor, uma vez sendo uma entrega, o ato de se dar e se doar, ele é UMA AÇÃO, NÃO UMA EMOÇÃO.
Se o amor não é emoção, então nele não existe pena.
Isso não quer dizer que o amor é rude, nem grosseiro, nem maldoso. Porque tudo isso também é emoção. Então, o amor é uma ação. Só isso. Simples assim.
E, como diz no versículo acima, Deus não apenas mostra o seu amor, mas Ele se manifesta como o próprio amor através do ato de dar o seu filho Jesus (o que Ele tinha de mais importante) para a salvação da humanidade, por cada um de nós.
Ok. Agora que você sabe o que é o amor e que Deus verdadeiramente é amor, vou te mostrar outro versículo.

"Justiça e direito são o fundamento do Teu  trono[...]"
Salmos 89:14

2 palavras importantes aí: fundamento e trono.
Fundamento é a base, o alicerce, o que sustenta tudo.
Trono é um símbolo que representa um reinado, uma autoridade, uma posição e realeza.
Logo, sendo a justiça o fundamento do trono de Deus, isso quer dizer que, no dia em que Deus for injusto, Ele perde o seu trono, Ele deixa de ser Deus.
Se o que sustenta o trono (autoridade/poder) de Deus é a justiça, se Deus vier a cometer injustiça, então seu trono será abalado (porque perdeu o fundamento, o que o sustenta) e cairá por terra. Deus deixaria de ser Deus se isso acontecesse.
Agora, me responda uma pergunta: seria justo se um juiz absolvesse um réu culpado se este fosse seu filho?
Seria justo absolvê-lo só pelo fato de ser filho do juiz, embora houvesse cometido crimes e fossem todos eles confirmados?
Não. Não seria. Muito pelo contrário, seria a maior injustiça do mundo. Só o fato de ele ser filho do juiz não o deixa acima da lei, nem o faz inocente de seus atos corruptos. 
O juiz, pai do réu, certamente o ama, ama com amor de pai. Mas isso não lhe dá o direito de inocentar seu filho que é culpado. O juiz deve cumprir a lei como ela é, sem sentimentos, porque a lei é justiça, e nela não há espaço nem exceções para sentimentos. No dia que o juiz desobedecer a lei ele deixa de ser juiz.
Entendeu a similaridade? Compreendeu como as coisas funcionam?

Deus não pode negar a si mesmo. Acaso Ele abalaria seu próprio trono cometendo injustiça? 
As pessoas querem isso, querem que Deus cometa injustiça. Sabe qual? A injustiça de dar o mesmo destino para fiéis e infiéis, para puros e impuros, para sinceros e enganadores, para obedientes e rebeldes.
Em outras palavras: as pessoas querem viver suas vidas à sua própria maneira, fora da disciplina do reino de Deus, fazendo o que querem, e ainda desejam ir pro céu depois. Que contraditório, não?
Amigo(a), isso NUNCA, NUNCA irá acontecer. Porque Deus é amor e seu trono justiça.

Enquanto você lê esse post, existem pessoas indo para o inferno. Pessoas que "contavam" com o "amor" de Deus para se safarem. Pessoas que pensavam que Deus teria pena delas. Pessoas que queriam que Deus fizesse injustiça para beneficiá-las. 

Mas, agora, você tem a oportunidade para escolher para onde você quer ir. Você não pediu para vir ao mundo, mas você pode escolher onde passará a eternidade.

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

2 comentários:

  1. Belas palavras querida.
    Primeira vez que visito seu blog e realmente ele me encantou :)
    Realmente o amor de Deus é sem medidas, incomparável.
    Já estou lhe seguindo e aguardando a sua visita.

    http://www.brilhandoemeioastrevas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Boa colocação.. infelizmente muitas pessoas se enganam com relação ao amor e justiça de Deus, mas depois de uma explicação como essa, não restará mais nenhuma dúvida. Deus abençoe querida.. bjos (:

    ResponderExcluir

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.