31 de julho de 2014

3º Capítulo: Medo da Luz

“[...] aquele que faz o mal aborrece a luz, e não vem para a luz para que suas obras não sejam reprovadas.”
João 3:20

Existem pessoas que gostam do “evangelho no escuro”. Ou seja, aquele evangelho sem sacrifício – a religião. E gostam porque ele não exige de nós renúncia e arrependimento. Basta você cumprir alguns rituais, fazer caridade, ou participar de algumas reuniões para dizerem para você que está no caminho certo. Dessa forma, as pessoas que assim procedem encobrem seus erros - dos homens, mas não de Deus. E realmente acham que podem levar a vida assim, que podem compensar seus pecados com algumas boas obras que fazem.

Na verdade, esse discurso cômodo e agradável aos ouvidos é um perigoso engano que tem tragado muitas almas. O mal sabe que o ser humano gosta de facilidades e repugna a ideia do sacrifício. Por isso, trabalha incessantemente para que ninguém saia de sua zona de conforto para fazer o que precisa ser feito. Mas ele só obtém sucesso nisso porque as pessoas tem preferido o engano do que a verdade. Elas preferem ser bajuladas do que repreendidas. Elas têm medo da luz.

Sim, é isso mesmo. Medo da luz. Porque a luz revela realmente o que é certo e o que é errado. No fundo, elas sabem que a luz mostrará que elas precisam mudar, sacrificar, renunciar, negar-se a si mesmas, seguir a fé e não o coração, fazer o que elas não sentem vontade de fazer. Por isso, preferem esconder suas obras do que trazê-las para a luz a fim de que sejam vistas e se arrependam. Elas não querem se arrepender.
Humanamente falando, tem gente que tem medo de escuro. Espiritualmente falando, a maioria das pessoas tem medo da luz – ou seja, da verdade. Porque ela dói e estremece nossa zona de conforto. E elas se acanham com isso, esquecendo-se que é justamente essa verdade a única que poderá conduzi-las à felicidade.

Você tem tido medo da luz? Tem fugido e tentado se esconder nas trevas, onde não precisa mover uma palha para ser aceito? Mas, afinal, por quem você quer ser aceito: pelos homens ou por Deus?

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.