6 de agosto de 2014

6º Capítulo: Por que você O tem buscado?

“me buscais não pelos sinais que vistes, mas porque comestes do pão e vos saciastes.” 
João 6:26
Muitas pessoas buscam Jesus pensando apenas em suprir suas necessidades físicas. Pelos sinais que vêem, não chegam a conclusão de que Jesus Cristo é o Senhor, filho de Deus, que veio para nos dar salvação e vida abundante. Apenas conseguem enxergar que Jesus é um “resolvedor de problemas”.
Se saciam com o pão físico – suprem uma determinada necessidade – e vão embora. Voltam assim que outra necessidade aparece. E assim vão vivendo, “tirando uma lasquinha de Jesus”, fugindo do compromisso de tê-lo como alimento diário.
Mal sabem que a maior necessidade de todas é a de salvação. E esta não pode ser suprida em um determinado instante para estar resolvida para sempre. A salvação precisa ser conquistada diariamente. Não existe essa de SER salvo, mas sim de ESTAR salvo. O que você fez ontem não garante sua salvação hoje, e o que você faz hoje não garantirá sua salvação amanhã.

Quando alguém manifesta fé, materializando-a diante de Deus, então Ele é propício aquele ato de fé, correspondendo aos anseios da pessoa - afinal, Ele prometeu; logo, deve cumprir. Não há nada de errado recorrermos ao Senhor Jesus através de atitudes de fé para resolver determinadas situações e problemas. O mal está quando só O buscamos para isso. 

Devemos nos lembrar que tudo isso passará. Família, amigos, bens, saúde, prosperidade... E se você morrer tendo gasto toda a sua vida buscando somente por essas coisas? O que restará de tudo isso? 

Jesus está aí para nos dar a vida eterna. E, ao invés de visar isso, infelizmente muitos são os que buscam apenas o que é temporário. 

Por que você O tem buscado? Para resolver um problema? Para realizar um sonho, ser atendido em algum desejo? Ou para ter toda a sua vida e o seu coração transformado, a ponto de conquistar a salvação e salvar outras pessoas através do seu testemunho?

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.